in

Candidato à prefeitura de SP, Andrea Matarazzo ataca Bruno Covas: ‘É muito ruim’ – Jovem Pan FM

Em entrevista ao Pânico, Andrea Matarazzo afirmou que o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, ‘não tem interesse nem dedicação’

Jovem PanAndrea Matarazzo participou do Pânico nesta quarta-feira (31)

O pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSD, Andrea Matarazzo, criticou o prefeito Bruno Covas (PSDB). Em entrevista ao Pânico nesta quarta-feira (31), Matarazzo afirmou que a gestão de Covas é “muito ruim”.

“Há um abandono total e absoluto [da cidade de São Paulo]. O conjunto prefeito e equipe é muito ruim”, disse o político. “Não conhece, não tem experiência, não tem interesse nem dedicação”, continuou. Covas fez parte da chapa que venceu a eleição municipal em 2016 como vice de João Doria e assumiu a prefeitura em abril de 2018. O atual governador de São Paulo foi escolhido como candidato do PSDB em detrimento de Matarazzo. “Remoer mágoas dá câncer”, afirmou sobre a disputa no partido.

Andrea Matarazzo também criticou alguns projetos do atual prefeito, dizendo que ele quer fazer “marcas de gestão”. “Quer gastar dinheiro com Parque do Minhocão, fazer essa fonte luminosa do Anhangabaú que nem o [Fernando] Haddad teve coragem de fazer”, disse.

Governo Bolsonaro

Matarazzo ainda discutiu o governo de Jair Bolsonaro com o deputado estadual de São Paulo Paulo Fiorilo (PT). Para ele, o presidente montou uma boa equipe, mas está atrapalhando o país.

“A gente não vê a oposição tirando o trem do trilho, é o próprio presidente que tira o trem do trilho”, afirmou. “Ele pegou o Brasil em uma situação dificílima, montou uma equipe boa, o Congresso está ajudando, falta só não tumultuar.”

Crítico do governo, Fiorilo discordou que a equipe de Bolsonaro seja boa. “Falar que a equipe do Bolsonaro é boa é lembrar da Damares [Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos], do ministro da Educação [Abraham Weintraub], do ministro de Relações Exteriores [Ernesto Araújo]”, argumentou. “Com exceção ao chanceler [Araújo], que efetivamente cria danos, a dona Damares não cria danos, a sociedade não vai regredir”, respondeu Matarazzo.

O deputado do PT também afirmou que a eleição de Bolsonaro foi viabilizada pelo deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) com o impeachment de Dilma Rousseff. “Aécio fez uma guerra achando que ele ia ganhar, mas quem ganhou foi o Bolsonaro”, disse, reclamando de que o PT é culpado por tudo de ruim que acontece no país. “A culpa vai ser do PT até quando? A gente não lembra do [Michel] Temer, das ações do governo Bolsonaro.”

Segundo Andrea Matarazzo, foi o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que começou com a polarização do país. “O Lula criou o inferno, começou a separar o sul do norte, o leste do oeste, o branco do negro”, afirmou.

Fonte Oficial: https://jovempan.uol.com.br/programas/panico/andrea-matarazzo-bruno-covas.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Segredos dos Famosos.

Que tal apreciar um legítimo Brisket? Buffet Charlô entrega o segredo do sucesso desse prato – Glamurama