in

Ceará vai convocar policiais da reserva em meio a ataques; governador quer lei de recompensa – Jovem Pan FM

Jarbas Oliveira/Estadão ConteúdoMinistro Sérgio Moro enviou tropas da Força Nacional para reforçar segurança do Ceará

Com 10 dias seguidos de ataques criminosos no Ceará, o governador Camilo Santana (PT) decidiu convocar policiais militares que estão na reserva – como são denominados o grupo que está, em teoria, aposentado. Ele enviou essa e uma série de propostas para a Assembleia Legislativa, que terá sessão extraordinária neste sábado (12).

Além da convocação, o governo quer aumentar a quantidade de horas extras que podem ser pagas a agentes civis, militares e do Corpo de Bombeiros. Santana também pretende criar uma lei de recompensa, que prevê o pagamento em dinheiro pelo estado por informações da população que ajudem em prisões e na prevenção de crimes.

Outra medida que deve ser analisada pelos deputados estaduais é a convocação imediata de mais 220 agentes penitenciários para atuar no sistema carcerário do Ceará. Outros 220 já haviam sido chamados na semana passada – medida adiantada em alguns meses em relação ao cronograma pré-definido para concurso público.

“Repito que estas medidas têm o objetivo de fortalecer o esquema de segurança do nosso estado no duro combate ao crime organizado que atua nas ruas e no sistema penitenciário. Não aceitamos que aqui no Ceará criminosos presos continuem dando ordem de dentro das prisões, como acontece há décadas em todo o Brasil”, disse Santana em vídeo.

Ainda segundo o governador, os três poderes, o Ministério Público e entidades civis estão “todos unidos” no combate à série de ataques iniciados em 2 de janeiro. “Estamos unidos ao governo federal, através dos ministérios da Defesa e da Justiça e Segurança Pública para enfrentar o crime que tenta se impor. Não há recuo. O Estado é mais forte.”

Pessoas presas

O número de pessoas presas ou apreendidas, suspeitas de participação de ataques criminosos no Ceará, subiu para 309 nesta sexta-feira (11). Nesta madrugada, mais 15 presos do sistema estadual foram transferidos para o Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Cerca de 20 detentos já haviam sido transferidos antes.

Série de atentados

A população do Ceará começou o ano novo testemunhando mais uma crise na segurança pública. O estado vem sofrendo ataques criminosos, concentrados na região metropolitana de Fortaleza. Essa já é a maior onda criminosa registrada no Ceará. A Força Nacional enviou tropas para auxiliar no resgate da normalidade da região.

Anúncio de novas medidas de combate ao crime

Cearenses,Anuncio novas e importantes medidas que estou tomando para reforçar, ainda mais, o esquema de segurança para garantir a proteção da nossa população e do patrimônio, na capital e no interior do estado.Algumas dessas medidas necessitam, por lei, da aprovação do poder legislativo. Por esse motivo, solicitei ao presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque, a convocação de uma sessão extraordinária, para os deputados analisarem de imediato as minhas solicitações, o que deve acontecer já nesse sábado. As medidas são:.Convocação de policiais militares que estão na reserva para que ajudem a reforçar a nossa tropa que está em operação..Aumento da quantidade de horas extras que podem ser pagas a todos os policiais, civis e militares, além dos bombeiros, de forma com que haja aumento da força de trabalho..Criação da Lei da Recompensa, que prevê o pagamento em dinheiro, pelo estado, para informações que sejam prestadas pela população à Polícia e que resultem na prevenção de atos criminosos e prisão de bandidos envolvidos nas ações.Além de outras leis que visam fortalecer o combate ao crime organizado.Anuncio ainda outra medida importante: acabo de autorizar a convocação imediata de mais 220 agentes penitenciários para atuar no sistema do estado, além dos outros 220 que já havia convocado na semana passada.Repito que essas medidas, além de todas que já tomamos, tem o objetivo de fortalecer o esquema de segurança de nosso estado no duro combate ao crime organizado, que atua nas ruas e no sistema penitenciário.Não aceitamos que, aqui no Ceará, criminosos presos continuem dando ordem de comando de dentro das prisões, como acontece há décadas em todo o Brasil.Governo, Poder Legislativo e Judiciário do Estado, além do Ministério Público e entidades civis, estão todos unidos.Assim como estamos unidos ao Governo Federal, através dos ministérios da Defesa, e da Justiça e Segurança Pública, para enfrentar o crime que tenta se impor contra o nosso estado e contra o País. Não há recuo!O Estado é mais forte!

Publicado por Camilo Santana em Sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Fonte Oficial: https://jovempan.uol.com.br/noticias/brasil/ceara-vai-convocar-policiais-da-reserva-em-meio-a-ataques-governador-quer-lei-de-recompensa.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Segredos dos Famosos.

Comentários

Ferrugem promete fazer ainda mais sucesso com novo hit – O Fuxico