in

Obra de David Hockney está perto de ser a mais cara já vendida por um artista em vida – Glamurama

Tela “Portrait of an Artist”, criada em 1972 por David Hockney || Créditos: Divulgação

A notícia que agitou por completo o mercado de arte nessa quinta-feira foi a do anúncio feito pela Christie’s de Nova York sobre o quadro “Portrait of an Artist”, pintado em 1972 por David Hockney. Segundo a casa de leilão, o valor estimado de venda da obra  – que acontece em novembro – é de US$ 80 milhões (R$ 334 milhões). Caso essa quantia seja alcançada, ela se tornará a obra de arte mais cara já vendida na história por um artista em vida.

David Hockney em frente a uma de suas obras, “The Arrival Of Spring in Woldgate, East Yorkshire in 2011”,  durante mostra no Centre Pompidou em 2017 || Créditos: Getty Images

Seu valor é cerca de três vezes maior do que a obra mais cara vendida por Hockney até hoje: “Pacific Coast Highway and Santa Monica”, leiloada neste ano pela Sotheby’s por US$28,5 milhões (R$ 119 milhões) -, e quebraria o recorde no mercado de arte contemporânea, que até então pertencia a Jeff Koons pela escultura “Balloon Dog”, vendida em 2013 por US$ 58 milhões (R$ 242 milhões) . Na sequência vem Gerhard Richter, o mais valioso artista europeu, que vendeu sua “Abstraktes Bild” (1988) em Londres, em 2015, por US$ 46 milhões (R$ 192 mi).

“Pacific Coast Highway and Santa Monica”, de David Hockney || Créditos: Divulgação

O quadro “Portrait of an Artist” tem 3 metros de largura e mostra um homem nadando embaixo d’água em uma piscina, observando por outro, que representa o ex-namorado de Hockney, Peter Schlesinger, em meio a uma paisagem verde e montanhosa. A obra pertence ao bilionário Joe Lewis,  dono do time de futebol inglês Tottenham Hotspur, que vive nas Bahamas e também tem em sua coleção Picasso, Chagall, Matisse e Lucian Freud.

No último ano, a tela foi exibida no Tate, em Londres, em uma retrospectiva dedicada ao artista que depois seguiu para o Centre Pompidou, em Paris, e para o Metropolitan Museum of Art, em Nova York. Antes da venda, ela ainda será exibida em Hong Kong, nos dias 28 e 29 de setembro, em Londres, entre os dias 3 e 5 de outubro e, em Los Angeles, entre os dias 23 e 27 de outubro.

“O brilhantismo de David Hockney como um artista está em total exposição com essa tela monumental, que capta a essência de uma paisagem idealizada de uma piscina, e a complexidade que existe entre os relacionamentos humanos”, falou Alex Rotter, vice-presidente de arte contemporânea da Christie’s. A gente concorda!

Fonte Oficial: https://glamurama.uol.com.br/obra-de-david-hockney-esta-perto-de-ser-a-mais-cara-ja-vendida-por-um-artista-em-vida/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Segredos dos Famosos.

Comentários

Louro José se ‘descontrola’ ao ouvir System of a Down’ no ‘Mais Você’ – Área Vip